468x60 Ads

Site melhor visto com Google Chrome

Autor: Dando Pitacos
Veja Conteúdo Completo aqui :acesse o Site
Resumo: CNJ quer proibir que empresas privadas patrocinem
Notícia : Uma prática imoral e frontalmente contrária ao que dita a Constituição Federal pode estar com os dias contados. Ontem (05/02), o corregedor nacional de justiça, ministro Francisco Falcão e mais cinco integrantes do Conselho Nacional de Justiça - CNJ (que é composto por 15 conselheiros - nove magistrados, dois membros do Ministério Público, dois advogados e dois cidadãos de notável saber jurídico e reputação ilibada) votaram pela proibição do patrocínio privado da hospedagem e transporte de juízes em eventos e congressos de magistrados.
Veja MAIS aqui :acesse o Site
Obrigado pela Visita
COMPARTILHE nas REDES SOCIAIS e AJUDE a promover este BLOG


contador de visitas gratis

0 comentários:

Postar um comentário